I’m Real…

Eu não sei se é porque estou sozinha um tempão já, ou porque, sei lá, deu um surto e eu comecei a enxergar as coisas diferentes.. Eu trabalho e frequento balada já faz seis anos, e ontem pra mim, apesar de ter sido divertido foi meio que a gota d’água que faltava pro meu copo transbordar.. Eu acho que eu tô velha pra sair de balada, ficar na pegação… Eu não sou rica, famosa, importante, capa da caras, gostosa nem nada do gênero.. Eu sou uma menina normal, de classe média que vive muito bem, e nem é isso que me difere dos outros… o que difere é a educação que eu recebi dos meus pais e avós.. Eles me ensinaram como comer, beber, me comportar na frente de outras pessoas, me ensinaram o certo e o errado de acordo com o certo e o errado deles. E apesar de não aprontar faz tempo, do tipo, beber e ficar bêbada, ou sei lá, coisas do gênero, eu me senti muito mal por ter “quebrado” essa educação que eles se esforçaram ao máximo pra me dar.. Hoje, morando só com as mulheres de casa eu vejo o duro que a minha mãe dá pra trabalhar e cuidar da gente (sim, porque eu tenho 20 anos e minha mãe ainda faz um bocado de coisas pra mim e por mim) e viver.. E quando eu saio pra uma balada e vejo gente passando mal de cair, com a maquiagem borrada, fazendo comentários da amiga que tá lá do lado, ou da roupa ridícula da outra, ver os caras tratando as meninas/mulheres como caça, só esperando a temporada abrir… isso me desanima, muito.

Eu preciso de um relacionamento real, não só com os meus amigos, que graças ao senhor eu tenho, porque, eu não sei o que eu faria sem eles do meu lado… eles são meu porto seguro, e tudo de mais importante além da minha família… eu quero almoçar na casa da mãe dele, tomar uma cerveja e assistir um jogo com o pai dele, sair pra caminhar com os cachorros, dormir cedo numa sexta e acordar cedo no sábado, pra levar o cachorro pra tomar banho, levar o carro pra lavar e fazer todos os caminhos malucos de taxista que ele faz… eu quero muito e não quero nada… mas não importa qual das duas opções for, eu quero que seja com ele.!

Advertisements

Peixe peixe peixe….

Além de acreditar que só acontece comigo coisas que eu posso suportar, eu também acredito que nada acontece por acaso, se eu achar uma moeda eu vou ter sorte o dia todo, levantar da cama com o pé direito evita confusões e fazer sinal da cruz antes de comer realmente me redime de uma grande parte dos meus erros. Acredito que grilos dão sorte e que borboletas tem alguma coisa sensitiva ou algo do gênero. Acredito que encontrei minha alma gêmea em um cachorro de 50kg e se eu comer alguma coisa com bastante óleo antes de beber eu não vou passar mal. Acredito que olhar pras estrelas me deixa calma, assim como olhar pro nascer ou o pôr do sol, ou o mar. Acredito que tatuagem não é coisa de marginal e que cada uma tem um significado importante pra mim. Acho também que os filmes e as séries que assisto são, de alguma forma baseada na minha vida e na das pessoas que estão sempre do meu lado, e acredito que quando eu leio um e-mail que estava na minha caixa de entrada faz tempo e logo em seguida acontece alguma coisa ligada a esse e-mail é porque essa corrente funciona. Eu acredito que chorar e gritar funcionam como terapia pra todas as coisas ruins que acontecem comigo e também acredito que não falar coisas que eu penso achando que as outras pessoas vão adivinhar realmente funciona (aliás, de tudo que eu já escrevi, essa é a única que tá realmente errada) Acredito que celulares desligados e mensagens não respondidas significam que a pessoa foi raptada, sequestrada, perdeu o celular ou simplesmente morreu. Eu acredito que o último pedaço é sempre o mais gostoso e que fazer coisas erradas é o certo no momento, mesmo eu querendo o certo de 100%. Acredito que música é terapia, e beber é terapia e ter amigos é terapia, além de comprar roupas, comer chocolate, tomar sorvete e ficar cozinhando. Também acredito em deja vú, experiência pós morte, vidas passadas e karma. E também que os sonhos que eu tenho são particularmente malucos e que quando eu acordo e vejo que era só um sonho eu fico muito brava. Acredito que sou inocente a ponto de não ver maldade naquilo que eu faço ou deixo de fazer e que sempre vai ter alguém que diz estar atrás de mim pra cuidar de mim, mas na verdade é essa pessoa que vai me empurrar, não importa quanto tempo eu a conheça, mas também acredito em amizade, lealdade, confiança, companheirismo e que posso escolher quem eu quero ou não do meu lado. Acredito em assuntos mal-resolvidos e que o céu é um tipo de lugar que a gente escolhe do jeito que quer, com decorações, música, pessoas e festa.!
E também acredito que todo mundo mente(pois é.).

Dia dos namorados parte I

Falta pouco tempo pro dia dos namorados…

Eu fiquei semana passada inteira pensando no que eu poderia esccrever a respeito do assunto…

Tive várias idéias, esqueci todas…

Amar é bom, é gostoso gostar é gostoso, se apaixonar é gostoso…

Eu gosto, eu amo e me apaixono. Por tudo, por todos, por situações, por casos, por histórias, por desejos, por vontades..

Eu amo os meus sentidos.. Se não tivesse um deles, não sei o que faria.

Amo ver o por do sol, amo vê-lo nascer..

Amo ouvir música, ouvir o celular tocar, e ver que é você que tá ligando, ou mandando mensagem dizendo que está chegando.

Amo tocar você, fazer carinho no seu cabelo e saber que você fica bravo de eu bagunça-lo todinho. Seu sorriso é lindo e eu me apaixono por ele a cada dia que passa.. Se não estou perto, gosto de ver nossas fotos.. (Imagino-as)

Apesar de saber que você ocupa minha cabeça e meu coração vinte e quatro horas por dia, estou sempre aqui se você precisar.. Mesmo sabendo que pode não ser mutuo, talvez não por culpa sua, talvez não por culpa minha.. apenas porque tem que ser assim…

Saints and Sailors

Tome banho de sal grosso uma vez por semana, ou uma vez por mês. Acredite mais no ser humano. Sorria olhando pras coisas simples, ceda seu lugar pra um velhinho.
Elogie alguém do seu lado. Tente perceber o sorriso quebrado de quem tá do seu lado. Talvez eles precisem mais da sua ajuda do que você imagina. Fale mais, escute mais ainda.
Tente viver bem. Cante alto aquela música que você adora. Mande um e-mail, um sms pra alguém que você sente saudade..
Eu digo isso porque parece que tá tudo parado. Eu decidi acrescentar cores na minha vida, decidi sorrir mais e dizer eu te amo pelo menos umas dez vezes por dia pras pessoas
que realmente importam, tipo mãe e irmã. Eu conto piada sem graça, eu tento fazer os outros rirem, porque eu não quero chorar. Eu quero viver bem e em paz.
E você deveria viver assim também.!

Maybe I should hate myself for this

Ainda bem que hoje eu não tive que trabalhar… eu tô cansada… o corpo dói, eu me sinto péssima.. por uma decisão que eu tomei.. mas também, se não tivesse feito estaria pior… não sei… não sei mesmo…

Eu tentei me convencer de fazer o que eu sempre faço quando essas coisas acontecem.. Viajar, ter um tempo só pra mim, pintar o cabelo, cortar, mudar de ares e tal… Nem isso eu tenho vontade de fazer mais…

Eu fico tendo esses sonhos malucos, que envolvem meus amigos e as pessoas x que não posso citar aqui.. e nem quero pra falar a verdade.. tá foda.. preciso fazer o projeto e o tempo livre que eu tenho eu fico pensando a respeito de tudo, menos no projeto..

Preciso me adiantar urgentemente… preciso sair desse meu mundo cretino de novo…

Vinte anos nas costas e sofrendo como uma menina de treze… te contar viu…