Mágico de Oz

Hoje o dia começou lindo, com um sol encantador e passarinhos que, ao contrário de sábado de manhã, hoje não me incomodaram… Fiquei feliz por ver que tem mais vida do que eu imagino aqui em casa. Mas isso foi assim até receber (ou forçar receber) uma notícia que eu esperava desde ontem, sem saber do que se tratava. Enfim, isso está passando.. É a vida por mais irônica que ela seja.
Enfim, o dia passou e finalmente consegui comer alguma coisa e sair do quarto, receber visitas e ouvir os conselhos de amigos que, querem (eu espero que queiram) o melhor pra mim.
Um deles meio que me obrigou a escrever. Ele é o psicólogo de plantão, dentre tantos e, como psicólogo da vez, me encarregou de postar nos meus blogs em meia hora. Claro que eu não consegui, afinal de contas, pra esquecer coisa ruim, nada melhor que Friends. Por fim, ele me convenceu a desligar (prometendo me emprestar alguma temporada) e cá estou eu, há mais de meia hora tentando escrever alguma coisa decente.
A Juju chegou na sala e ligou a tv e colocou no Disney Channel, e tá passando o Mágico de Oz. E se eu me lembro bem, é a história da menina que tava com saco cheio da vida dela e foi parar em Oz, mas pra voltar pra casa tinha que encontrar com o mágico de Oz, e a caminho do castelo, pela estrada de tijolos amarelos, ela encontra figurinhas interessantes.. Como o leão que deseja ter coragem, o homem de lata que quer um coração e o espantalho que deseja um cérebro.
Depois de tudo que aconteceu hoje, e prestando a mínima atenção no filme, eu me imagino hoje como esses três figurinhas…

Eu tô me sentindo sem cérebro, coração ou coragem. E assim como a Dorothy, querendo voltar pra casa. Eu me sinto sem cérebro porque não consigo pensar como posso melhorar a minha situação. Sair dessa estagnação ridícula que tomou conta de mim tão rápido, e ficar estagnada me incomoda.

Eu não tenho coragem mais pra tomar decisões, eu tenho medo de fazer algo que atrapalhe mais essa minha situação e, assim, piorar o que já tá horrível.
E também não tenho mais coração. Mas eu acho que esse vai ser o mais difícil dos três de recuperar.
Acredito que se derrotar a bruxa, conseguir um cérebro e coragem primeiro, eu, talvez, algum dia recupere meu coração e consiga finalmente voltar pra casa.
E espero que fique claro que a minha casa não é algo, e sim alguém.

Alguém aí tem o endereço do castelo de Oz?

One thought on “Mágico de Oz

  1. O caminho pro castelo de verdade eu também não sei, mas assim como na história, com a perseverança dela e o apoio deles que tornaram a coisa possível, é possível a gente fazer isso aqui fora também. Nada que um daqui e outro dali apoiando não resolva. Então, vem cá, te dou a mão e a gente pode começar a caminhar desde já. Vem?🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s