E agora?

Eu tenho que aprender a deixar as pessoas terem seu espaço, seu momento. Eu não sei ser assim. Nunca soube. E agora? É assim que é pra ser mesmo? Dizem que, não se deve prender ninguém.. Que você tem que soltar essa pessoa, se ela não voltar, é porque ela nunca foi sua. É alguma coisa assim. Eu não tô em condições de ir procurar ou parar um minuto que seja pra pensar. Eu não quero.
É como diz a música. Wake me up when September ends. E pra mim, setembro tá um lixo, sendo que mal começou.. Eu acho que não merecia ter um mês ótimo e outro mês mais ou menos e outro mês lixo.
E fico imaginando se ficar escrevendo o que eu penso na internet é bom.. Todos os meus sentimentos tão aqui, pra todo mundo ver, e dar risada, ou simpatizar e “sofrer” junto comigo.

Mas a real mesmo é que eu não quero sofrer e muito menos quero ver outros sofrerem..
Eu queria que desse tudo certo. Que pelo menos uma vez o viveram felizes para sempre pudesse ser adaptado na história do meu livro. Queria que a irmã malvada fosse fazer faculdade longe. Que a mãedrasta não fosse mãedrasta de vez em quando. Que o pai que foi viver com a madrasta num reino muito distante ficasse mais perto mais vezes e que todos os amigos do reino vivessem felizes e em harmonia..

Eu tenho que aprender que a vida não é uma merda de um conto de fadas e que, por mais que eu queria que seja assim, não vai ser. Não existem carruagens, não existem abóboras, ratinhos falantes, caçadores bonzinhos, sapatinho de cristal. Existem vestidos lindos e de alta costura que eu provavelmente não vou poder comprar. Existe o baile, que na verdade não é baile, pode ser substituído por uma apresentação de um alguém.

E não existem príncipes encantados.. Pelo menos não o meu.

Enquanto isso eu continuo a minha vida de gata borralheira com um notebook e uma parede colorida, com faculdade e trabalhos, e sem príncipe encantado, e sem castelo na Paulista.

Eu preciso parar de viajar e abrir os olhos pra realidade. Eu preciso aprender muita coisa ainda..

Enquanto nada muda e não acontece nada realmente bom, o jeito é acreditar em pelo menos um desses contos. Fingir que eu sou a Bela Adormecida e esperar o príncipe encantado que não existe chegar…

One thought on “E agora?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s