Destino alheio

É, muita coisa aconteceu nesses últimos dois meses. Coisas realmente surpreendentes.
Tenho um amigo que vou chamar aqui de Jonas. O Jonas é um cara legal, inteligente, engraçado. Boa companhia sempre. Ele namorou um tempão com uma menina que eu vou chamar de Dorotéia. A Dorotéia me pareceu uma pessoa legal quando a conheci. A Dorotéia só falava comigo a respeito do Jonas e antes de conhecer a Dorotéia eu tinha uma quedinha pelo Jonas, o que deixei de ter pelo fato de ter virado amiga da Dorotéia. Resumindo, quando os dois terminaram, o Jonas me chamou pra sair, ou algo assim, não me lembro direito. E eu não disse que sim e nem que não. Afinal, era amiga da Dorotéia. Eis então que a Dorotéia estava com ele quando ele me chamou pra sair e ela jura por Deus que eu que dei em cima do Jonas.

Depois de um certo tempo essa história morreu, e conheci novos amigos, e a Dorotéia começou a frequentar a mesma rodinha de amigos que eu, e daí surgiu outro problema aí, que não vem ao caso, mas tem a ver com rosas e bilhetes e Campinas.

Anos se passaram, eles continuaram afastados mas a Dorotéia sempre enchendo o saco do Jonas e o Jonas, eu e todos os amigos dele DETESTANDO a Dorotéia. E o engraçado é que todas as amizades da Dorotéia duravam muito pouco. Ela sempre andava com grupinhos diferentes e sempre tinha alguém que sabia que não conversávamos que me contava histórias sobre a Dorotéia. Mas ainda assim as pessoas andavam com ela.. Umas me diziam que é porque ela era muito insistente. Outras porque ela armava essas saídas. Ligava pra um e falava que fulano tinha combinado, quando na verdade não tinha. Enfim. Hoje, o Jonas voltou com a Dorotéia, mesmo depois de ter falado que não voltaria e que enfim, motivos que ele dizia pros amigos dele, que não vem ao caso aqui.
Eu mandei um testimonial pra ele, falando que ele tinha se afastado, que apoiava a decisão dele do mesmo jeito que ele apoiou minhas decisões no passado e que caso acontecesse alguma coisa, que eu estaria do lado dele, que só queria a felicidade dele.. Tudo isso é verdade. Eu quero mesmo que ele seja feliz, mas a pergunta que não quer calar é:

Será que vai dar certo dessa vez? Ou vai voltar a ser exatamente como era antes?

Eu sei que eu não quero perder um amigo por causa de pessoas que eu sequer converso e que me detestam. Se fosse pra falar tudo que eu penso da Dorotéia, ia ter coisa pra escrever aqui viu. Não só de “causos” que aconteceram comigo, mas causos de amigos, conhecidos… Sei lá.. Eu, como amiga do Jonas quero que ele seja feliz, afinal, ele é o amigo tipo brother/irmão/confiança. E a gente não quer que nada ruim aconteça com o brother/irmão/confiança.

Fica a dica…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s