Teorema de Sanseverini

O negócio é o seguinte. Cheguei a conclusão de que posso prever meus futuros relacionamentos e quanto tempo eles podem durar através de matemática. Que eu não sou boa em contas acho que isso é bem óbvio né? Mas lembrando do pouco que consegui reter na cabeça de mosquito que tenho, cheguei ao que apresento a vocês como Teorema de Sanseverini. (tã tã tããããã! musiquinha de mistério solucionado)

Vou explicar pra vocês como cheguei a um resultado mais concreto: Meu primeiro beijo foi aos 12 anos e não me lembro quando foi o primeiro namoro mas sei que os meus primeiros 5 namoros depois do primeiro beijo (em 8 anos) não passaram de um mês. (Ok, nem dá pra chamar de namoro, mas o teorema vai explicar)

Esses “namoros” ocorreram de 2000 a 2006. Tive 2 anos de solteirice pura, depois em 2008 tive meu primeiro relacionamento mais sério que durou 6 meses. Terminamos em janeiro de 2009 e fiquei novamente 6 meses solteira. Comecei a namorar e dessa vez o namoro durou 5 meses e também terminou em janeiro (2010 no caso)

Então. 8 anos até o relacionamento sério e 6 meses de relacionamento chego a seguinte conclusão juntanto p.a. e p.g.

22anos  –   30anos     – 38anos (p.a.)

6meses  –  36 meses – 216 meses (p.g.)

Logo, enquanto minha idade aumenta aritmeticamente, as chances de eu passar mais tempo com um ser humano que vai me fuder (e não é no bom sentido) crescem geometricamente.

Ou seja, ou eu fico sozinha pro resto da vida, ou acredito nesse meu teorema e me fodo acompanhada…

7 thoughts on “Teorema de Sanseverini

  1. bom, eu nunca acreditei em teorias muito “racionais” pra explicar qualquer evento (ou a falta dele) sentimental…

    (escrevi um texto imenso, acabei de deletar pq ficou muito confuso hahaha)

    Li em algum lugar, e não sei de quem é essa frase:

    “a vida é aquilo que acontece enquanto vc faz planos”

    Agora, vc quer saber no que acredito? vou te contar:

    a vida é aquilo que acontece enquanto vc faz planos, tenta explicar o amor, os encontros e desencontros causados por ele.

    O amor é pra sentir, e não pra se explicar, ser entendido ou teorizado…

  2. só vc mesmo!!! ahahah
    ta parecendo a Rachel fazendo as contas de quando ela vai casar e ter um bebe !!! ahaha

    me divirtoooo
    bjão!

  3. hauhauauaha quem dera se tudo no mundo poderiamos calcular e ter absoluta certeza de que isso irá ou não dar certo, mas adorei o teorema. Espero que ache um coração !!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s