Você vai estar no meu coração

Esse é, sem dúvida o texto mais difícil que já escrevi na minha vida. Antes mesmo de começá-lo a escrever ou de pensar no que vou dizer já comecei a chorar.

É sério:

Feia, cara inchada e um amor que não cabe em mim!

Hoje escrevo do meu maior amor nessa vida. Da minha neném, daquela que, sem querer feri ou deixei de cuidar mais vezes do que uma pessoa que diz que ama pode deixar. Hoje esse texto é da Juju!

Juju é a minha irmãzinha caçula. “Irmãzinha”, porque né, 17 anos já. Uma moça, mas um neném aos meus olhos e coração.

Ela era assim!

(pausa pra respirar. tô na agência e, como talvez não tenha tempo pra dizer tudo que sinto, o jeito é escrever. Sempre me expressei melhor assim)

A Juju é meu docinho de côco, minha Jujumint, Jubaluba, gordinha. Tenho vários apelidos pra ela. Uns não tão legais, outros bem maneiros do meu ponto de vista.

A Ju, por mais que eu não tenha percebido, cresceu. Cresceu e vai sair da asa da mamãe e da irmã. Vai aprender a se virar sozinha, vai voar (sem parar, quando eu aprender)

Ficou assim. (Sem influência minha, prfvr!!)

Duck Face no casamento da tia!

Quantas vezes brigamos, quantas vezes nos detestamos por alguns dias, semanas, um mês. E não passou disso. Talvez o orgulho das duas (principalmente o meu) tenha sido maior pra deixar quieto uma briga por uma coisa fútil, mas nenhuma briga com você (JUJUMINT) foi pra te machucar de verdade.

Do rock com o cara do We the Kings!

O meu senso de amor, carinho e proteção às vezes (quase sempre) é bem distorcido, mas é assim que aprendi (sozinha) a cuidar de você. E cantar (sim, eu sei que minha voz é horrível) pra acalmar, ou cantar pra rir.

Um pouquinho de vergonha!

Essa sua partida pra longe dá a impressão de que nunca mais vou te ver. Que você tá indo morar em outro planeta sem conexão com esse mundinho aqui, que não será mais o mesmo sem você!

Toda a minha cagação de regra contra a sua viagem foi só por medo. MUITO MEDO de que qualquer coisa pudesse acontecer com você quando eu não estivesse por perto. Afinal, cuido mal, mas cuido de você.

Juju, do fundo do meu coração transbordando de lágrimas, desejo que você vá! Vai pra longe. Seja muito, muito, muito feliz e busque realizar seus sonhos, objetivos e desejos.

Tô aqui longe, na torcida, te amando mais e mais cada dia que passa. Querendo você pertinho, mas entendendo que você precisa ir!

Te amo zoiudinha. Boa viagem!

 

Ah, e se, por acaso qualquer coisa te impedir por um segundo de ser feliz, lembre-se disso:

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s